quarta-feira, 16 de julho de 2008

De Madrugada

De madrugada escrevo.
De dia faço quase nada...
leio hqs e livros que eu já li,
durmo em frente à tv,
como comida congelada
abençoada por santas microondas.
De madrugada
sacudo um pouco do torpor
para fora do meu corpo,
faço pequenas ranhuras
no invólucro da letargia,
e despejo palavras
sobre páginas vazias...

(A Dama Vagabunda)

3 comentários:

marcio leandro disse...

legal, legal. mas eu sinto falta no seu blog de um pouco de demência. um pouquinho só que seja. think about.

tripanosomacruzi disse...

perfeito .... seus escritos são otimos, simplinsmente genial .....

gostaria q também desse uma olhada na minha pagina. abraço http://tripanosomacruzi.blogspot.com

ROQUE RASCUNHO disse...

um dos melhores que li em 2008, nos blogs da vida. e olha que eu leio muitos blogs e muitas vidas, todos os dias, me acredite. hahahaha. genial. fã seu do lado de cá da tela.

beijo